domingo, 17 de maio de 2009


Um comentário:

Sergio Gonçalves dos Santos disse...

tentação poética

vim te seguir,
perseguir
e ser seguido
ou mesmo perseguido
pelos olhares
retinados
e flechados
e escapados
entres frestas
de pálpebras
entreabertas
feito cortinas do tempo
que o riso eterno
rasgou
em meio
em pedaços
e eu,
eu amei
a fresta
entre os estilhaços
dos raios do sol
inundando de luzes
arco-íricas
do mais doce amar.
sergio, beija-flor-poeta